expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass' oncontextmenu='return false' ondragstart='return false' onkeydown='return checartecla(event)' onselectstart='return false'>

quarta-feira, 20 de abril de 2016

segunda-feira, 11 de abril de 2016

PLL Retrô: as aparições de A D

No 6x20 - Hush Hush, Sweet Liars - as meninas receberam, pela primeira vez, uma mensagem assinada por -A.D. Assim mesmo, com tracinho e ponto. Apesar de ter sido a primeira vez que uma mensagem foi assinada com a sigla, não foi a primeira vez que vimos as letras abreviadas na série. Muito tempo antes de seja lá quem for assinar uma mensagem com -A.D., nós vimos a dupla AD em diferentes situações sem relação entre si. 

Claro que -A.D. não é coisa boa, então não teria pessoa melhor do que Jenna para introduzir as letras nessa confusão.

1x16 - Je Suis Une Amie

Nessa época, Toby era o suspeito número um de ser o assassino de Alison. Repudiado por todos em Rosewood, Toby conseguiu ganhar a confiança de Emily, contrariando Spencer, que o abominava. Após ver Toby ser hostilizado na praça, Spencer resolve dar uma chance a ele.

Na escola, Spencer encontra um anúncio de Toby procurando um tutor de francês para estudar em casa. Spencer tira o anúncio da parede e vai até a casa dele. Nos Cavanaugh, Toby recebe Spencer na varanda, informando que tem que estudar em casa por causa da tornozeleira. Toby estava em prisão domiciliar. Spencer se desculpa por tê-lo acusado e quer ouvir sua versão sobre a noite em que Ali sumiu. Toby diz que não é seguro falar sobre o assunto com Jenna por perto.

Enquanto conversam na varanda alguém se move várias vezes perto da janela, mas não vemos se é Jenna. Depois do primeiro encontro, Spencer está no seu quarto com Emily e não consegue parar de pensar em Toby, demonstrando os primeiros sinais de que está interessada nele. No outro dia, quando ela vai novamente a casa dele, Toby nem abre a porta e devolve o livro de francês para ela, cancelando as aulas. Spencer não entende nada quando Toby bate a porta na cara dela.

Confusa, Spencer entende a atitude de Toby quando abre o livro e encontra um bilhete. Toby diz que encontrou uma mensagem estranha nas coisas de Jenna e que Spencer pode estar certa quanto as suspeitas sobre ela. O que Toby encontrou foi aquele papel com um escrito em braile, que podia ser interpretado como 214 ou BAD ou 2AD.

O clássico bilhete de Jenna protagonizou centenas de teorias, a maioria delas envolvendo as gêmeas D. Seguindo a tradição de questões polêmicas, o bilhete rendeu muito mais fora da série e o resultado foi super sem graça. A anotação de Jenna, segundo Spencer e Toby concluíram, era o quarto 214 de um motel.






























3x23 - I'm Your Puppet

Nessa época, Spencer estava internada no Radley após ser encontrada transtornada na floresta. Spencer descobriu que Toby era -A; descoberta que custou sua sanidade. Fora de si, Spencer teve um colapso ao ser vítima de (mais) uma armação de Mona, que a fez acreditar que Toby estava morto. No Radley, Spencer ficou amiga de E. Lamb e ficou intrigada com um jogo de tabuleiro que, segundo o enfermeiro, foi a obsessão de Mona durante o período em que foi paciente do sanatório. Spencer descobriu um mapa feito a caneta no tabuleiro. Um dos trajetos a levou até uma ala abandonada do Radley, onde ela encontrou Alison.

Sem dúvida, essa foi uma das melhores aparições de Alison enquanto ela estava morta. Ignorando a perplexidade de Spencer diante da situação, Alison falava coisas sem pé nem cabeça enquanto se divertia com músicas antigas que tocavam em uma vitrola. Alison convidou Spencer para dançar e sinalizou o quarto que representava a estrela no mapa de Mona. No quarto, Spencer viu um cavalinho de brinquedo e arrancou sua cabeça descobrindo onde Mona escondia suas coisas e como ela entrava e saia do Radley quando bem entendesse. Mona usava um crachá de enfermeira com o nome Ali Dee. Sabemos que nesse caso não tem sigla AD mas não podemos ignorar Mona usando a abreviação do nome de Alison como alter ego.

























4x03 - Cat's Cradle

Nessa época, Ashley era a principal suspeita de ser a assassina de Wilden. Disposta a fazer o que fosse preciso para inocentar a mãe, Hanna vai até a delegacia para falar com Pam, que não estava lá. Sem querer, Hanna vê um mural na parede de uma sala e fica chocada com o conteúdo. Com Wilden como peça central, o mural era parte das investigações dos últimos crimes que aconteceram em Rosewood que, por coincidência, envolviam praticamente todo o círculo social de Hanna.

A sigla AD aparece nas observações relacionadas a Spencer e Alison. "A.D. ameaçada por S.H. / S.H. ameaçada por A.D. / disputa pelo poder?/ lucro/ paixão? / medo?"

Nesse caso, A.D. era Alison DiLaurentis.























4x15 - Love Shack, Baby

Nessa época, todo mundo estava surtando com a volta de Alison, Ezra suspeito, Spencer drogada, Hanna leitora de romances policiais, Aria enganada, Emily destemida, Mona pilotando o Mustang da Jenna, diários alterados e outros bafos que bombaram a 4B.

Emily recebe a visita de Alison durante a madrugada, motivo suficiente para deixá-la aérea o resto do dia. Depois da conversa que teve com Ali, Emily encontrou um bilhete em sua bolsa pedindo que ela fosse ao nosso lugar. O lugar é a pedra do beijo, onde Emily e Ali passaram bons momentos, devidamente relatados no diário que Hanna pegou em Ravens. Ali não deu as caras, o que nos fez perguntar se realmente foi ela que escreveu o bilhete. Se não foi ela, quem foi? Ezra. Por quê? Ezra quer saber se Ali está viva e se as meninas estão em contato com ela. Ele viu Emily com o diário e, como sabe tudo que está escrito, enganar Emily com o bilhete foi uma tentativa de confirmar suas suspeitas. Sim, essa especulação faz sentido; pode ter sido um plano de Ezra. Mas como explicar a letra de Ali no bilhete? Ali escreveu o bilhete para Ezra. Ainda sobre a pedra, as iniciais EF+AD são mais uma provocação quanto à Ezra. EF = Emily Fields e Ezra Fitz. Analisando a maneira como Emily acariciou o coração, o EF é de Emily Fields mesmo.

Nesse caso, AD também é Alison DiLaurentis.

4x21 - She's Come Undone

Nessa época, Shana chocou Emily ao revelar que era amiga de infância de Alison, desde quando ela passava férias na casa da avó na Georgia. Shana era o canal de comunicação entre Alison e as meninas. A aproximação de Emily com Shana, que sempre cuspiu fogo pra cima dela, causou estranheza em Pigskin. Desconfiada que Emily escondia algo grave dela, Pig passou a seguir a namorada e encurralou Emily na fila do correio. Histérica, Paige ameaçou dar escândalo caso Emily não falasse a verdade. Sem saída, Emily contou tudo para Pig.

Emily confirmou que Alison estava viva, resumiu o drama que a amiga se encontrava e implorou para Paige não abrir a boca. Inconformada, Paige condenou Emily por ajudar Alison, devido ao conturbado histórico entre elas três. Emily tentou convencer Pig que Alison tinha mudado mas não conseguiu. Paige deu o maior textão em Emily e a fez prometer que aquela seria a última vez que ela faria qualquer coisa para Alison. Ah sim, já estávamos esquecendo do principal. Alison pediu para Shana pedir para Emily pegar um dinheiro escondido no quarto dela - Alison - e mandar por correio para um determinado endereço. Paige viu o dinheiro na bolsa de Emily e não engoliu a desculpa que era presente da avó de Em, por isso ela seguiu a namorada. Pig surpreendeu Em na fila do correio, Em se enrolou para inventar uma desculpa e deu no que deu.

Nesse caso, a sigla A. D. aparece como o nome de uma empresa que era o local que o dinheiro deveria ser entregue. Faz todo sentido Alison usar qualquer nome que não fosse o dela como destinatário; afinal, o mais importante para garantir que a correspondência seja entregue é o endereço. Apesar da situação ter tudo para que A. D. seja Alison, não ficamos sabendo se a empresa era real ou fictícia e nem se Alison tem qualquer coisa a ver com o nome.























6x15 - Do Not Disturb

No Radley hotel, Sara se hospedou no quarto 214, que Spencer e Aria descobriram que era o quarto em que CeCe ficava na época do Radley sanatório. Sparia invadiu o quarto xeretando tudo que tinha direito até Aria descobrir uma parede falsa que dava acesso à uma passagem subterrânea que levava até uma porta de saída no meio do mato. Spencer e Aria concluíram que Sara escolheu ficar no 214 porquê sabia da passagem e queria descobrir alguma coisa de seu interesse. Acabou que Spencer, Toby e Mona encontraram os registros de Mary em uma sala desse esconderijo.

O número do quarto de CeCe/Sara ser 214 foi o ápice da proposta da 6B em recriar situações que movimentaram determinada fase da série. O bilhete de Jenna é um dos principais argumentos em todas as teorias sobre as gêmeas D. Como dissemos, o bilhete causou mais estardalhaço fora da série do que na história. Dos três significados que a escrita em braile tem, Spencer e Toby mencionaram apenas dois. BAD/MAU e 214. O 2AD ficou só nas teorias. BAD porquê, segundo Toby, Jenna escreveu o bilhete enquanto conversava com alguém no telefone. Toby diz ter ouvido o nome de Spencer e concluiu que Jenna se sentia ameaçada por ela. Por isso ela escreveu BAD. 214 foi Spencer quem concluiu ao passar em frente de um motel em que Jenna estava hospedada. A partir daí, uma situação suspeita foi levando a outra e o resultado foi Spencer e Toby feitos de idiota por Jenna e Ian.

214, além de ser o quarto de CeCe, Sara e Jenna, foi o quarto do motel em que Wren passou uns dias depois de romper com Melissa. Até hoje não entendemos o que Wren foi fazer no motel sendo que ele morava em um apto. Dúvidas à parte, o que o número 214 tem a ver com as letras A D a essa altura? 214 = BAD = 2AD. Spencer se referiu ao novo vilão como BIG BAD. Considerando que BAD pode ser 2AD/MAU/214, acreditamos que a escolha do número não foi só para fazer referência à série mas sim para dar pistas de quem pode ser - A. D. que, antes de assinar -A.D. era conhecido como BIG BAD. O quarto 214 do Radley dá acesso a parte subterrânea. Talvez agora os três significados do bilhete de Jenna façam sentido e se complementem. -A.D. é MAU e pode ser duas pessoas ou gêmeo/a. 

Achamos que o histórico do bilhete de Jenna, pela histeria causada fora da série, foi o motivo responsável por ressuscitarem o número. A intenção é causar entre os fãs. Até porquê sabemos muito bem que as meninas sofrem de amnésia e nem devem lembrar quem é Jenna. 

Sra. D., Mary e a sacola de roupa

No 6x20 - Hush Hush, Sweet Liars - conhecemos Mary Drake, a irmã gêmea idêntica da sra. D.; o que não quer dizer que essa foi a primeira vez que a vimos. Segundo Marlene, Mary já tinha dado as caras em Rosewood antes de aparecer oficialmente na season finale. A declaração de Marlene fez todo mundo suspeitar que era Mary que estava no quarto de Spencer no 4x22 - Cover For Me. 















Por enquanto, não temos como saber se era Mary ou a sra. D. ou apenas uma paranoia de Spencer que, nessa época, estava em pé de guerra com a sra. D. Dúvidas à parte, o que chamou nossa atenção foi o lenço usado por uma das D. 

No 4x23 - Unbridled - a sra. D., com a ajuda de Ashley, organiza um evento de caridade em sua casa. Em meio aos preparativos, a sra. D. recebe a visita inesperada de Holbrook. Sabendo que o policial não estava lá por motivos agradáveis, a sra. D. pede para Ashley procurar alguma coisa no quarto de hóspedes no segundo andar para que ela não escute a conversa. Ashley sobe as escadas, vê a porta do quarto reconstruído de Alison aberta e não consegue conter a curiosidade diante da morbidez do ambiente. Ashley entra no quarto e estranha uma sacola de roupas ao lado da cama. Ashley pega a sacola e mexe nas peças, que eram uma mini saia e um lenço estampado. Sem entender a razão da sra. D. ter feito aquela compra, Ashley fica ainda mais atordoada quando vê a nota com a data do dia anterior. O clima pesa de vez quando a sra. D. entra no quarto dizendo que Ashley não tinha que estar ali.

Achamos que o lenço da sacola é o mesmo usado pela irmã que aparece no quarto de Spencer. Mary/sra. D. assombrou Spencer na noite anterior ao evento, que foi o dia em que a compra foi feita. 

















Não temos como saber quem estava no quarto de Spencer, se a aparição foi real ou alucinação e nem se o lenço da sacola é o mesmo usado por uma das irmãs. Por enquanto, a única certeza que temos é que a loja em que a sra. D. comprou as peças era uma de suas favoritas. Pelo visto, ela adorava o lugar e era cliente há muito tempo. Foi nessa loja que ela comprou o top must have amarelo que Alison usou na noite do celeiro, como podemos conferir no 4x24 - A Is For Answers. 





5x13 - How The A Stole Christmas VS 6x20 - Hush Hush, Sweet Liars

5x13 - How The A Stole Christmas

Na igreja, vestida de Mulher de Preto, a sra. D. revela para Alison que tudo "é minha culpa" e alerta a filha que "eles virão atrás de você".
















6x20 - Hush Hush, Sweet Liars

Preocupada com seu estado mental, Alison busca refúgio na igreja para não surtar de vez. Amparada por Emily, ela decide se internar em uma clínica para se tratar. Horas depois, Rollins e Mary comemoram a internação de Alison, satisfeitos com o resultado de suas armações. 

























Seriam Rollins e Mary os tais eles que a sra. D. falou que iriam atrás de Alison?

domingo, 10 de abril de 2016

PLL em 30 segundos

Você conseguiria resumir PLL em 30 segundos? As meninas bem que tentaram... Muito legal esse vídeo. Confiram:


quinta-feira, 7 de abril de 2016

Anunciada data de estréia da sétima temporada

A sétima e última temporada de PLL estréia no dia 21 de junho com Tick-Tock, Bitches. 


Comentário 6x20 - Hush Hush, Sweet Liars #1/ Season Finale

Vídeo comentário sobre as revelações do 6x20 - Hush Hush, Sweet Liars - Season Finale da sexta temporada.


quarta-feira, 6 de abril de 2016